Potência elétrica é a quantidade de energia elétrica que é fornecida a um circuito elétrico a cada segundo ou, ainda, a quantidade de energia que esse circuito converte em outras formas de energia, também a cada segundo. A unidade de medida da potência elétrica, de acordo com o Sistema Interncional de Unidades (SI), é o watt (W), que equivale a joules por segundo (J/s).

A potência elétrica pode ser medida de várias maneiras, dependendo do tipo de carga elétrica e do contexto em que você está trabalhando. Vou fornecer algumas informações sobre as principais formas de medir a potência elétrica.

Como é a medição da potência elétrica?

1. Medição de potência em corrente contínua (CC):

 Se você estiver trabalhando com um circuito de corrente contínua, a potência elétrica pode ser calculada usando a fórmula P = VI, onde P é a potência em watts (W), V é a tensão em volts (V) e I é a corrente em amperes (A). Você precisará medir tanto a tensão quanto a corrente usando um voltímetro e um amperímetro, respectivamente, e então multiplicar os valores obtidos para obter a potência.

   – Multímetro: Use um multímetro configurado para medir corrente (em amperes) e tensão (em volts). Em seguida, a potência pode ser calculada multiplicando-se a corrente pela tensão (P = V x I).

   – Shunt: Em circuitos de alta potência, um shunt é frequentemente usado para medir correntes elevadas. A queda de tensão através do shunt é proporcional à corrente, permitindo que você calcule a potência usando a fórmula P = V x I.

2. Medição de potência em corrente alternada (CA):

 Para medir a potência em um circuito de corrente alternada, geralmente é necessário levar em consideração os efeitos da defasagem entre a tensão e a corrente. Existem dois tipos principais de potência em um circuito CA: potência aparente (VA), potência ativa (W) e potência reativa (VAR). A potência aparente é a combinação vetorial da potência ativa e reativa. Para medir essas grandezas, você precisará de um medidor de potência:

   – Multímetro True RMS: Para medir a potência em circuitos de corrente alternada, especialmente aqueles com formas de onda complexas, é necessário usar um multímetro True RMS, que calcula a potência corretamente mesmo com formas de onda não senoidais.

   – Wattímetro: Um wattímetro é um instrumento especialmente projetado para medir a potência ativa (em watts) em circuitos de corrente alternada. Ele pode ser conectado em série ou paralelo ao circuito, dependendo do tipo de wattímetro.

3. Potência em sistemas trifásicos:

   – Wattímetro trifásico: Em sistemas de energia trifásicos, um wattímetro trifásico é usado para medir a potência ativa. Ele é conectado aos três fios do sistema e fornece a leitura da potência total.

Além das medições gerais de potência, você pode encontrar dispositivos específicos que possuem suas próprias formas de medir a potência elétrica. Por exemplo, alguns aparelhos eletrônicos têm medidores embutidos que mostram a potência em tempo real, como medidores de consumo de energia em casas ou monitores de energia em computadores.

Lembre-se de que essas são apenas algumas das maneiras comuns de medir a potência elétrica. Em alguns casos, podem ser necessários instrumentos ou métodos mais especializados, dependendo da complexidade do circuito ou dispositivo elétrico em questão.

Se você não tiver experiência em lidar com eletricidade ou não se sentir confortável em fazer medições elétricas, é recomendável consultar um profissional qualificado para realizar a medição corretamente.

Solicite seu orçamento

    Solicite seu orçamento

      Solicite seu orçamento

        Solicite seu orçamento